sexta-feira, 19 de abril de 2013

UM ENCONTRO MARCADO

TEMA:  A volta de Jesus.
PROPÓSITO:  Levar os irmãos a ter um encontro com Jesus diariamente, e prepararem-se para a sua Segunda vinda.
TEXTO: Lucas 7:11-17.
TESE:  Nossa vida jamais será a mesma após esse encontro.
 
INTRODUÇÃO:
 

           Certamente aquele era o dia mais triste da sua vida. Não fazia muito tempo havia perdido o seu esposo e apesar de sua condição de viúva tinha ainda o seu querido filho, razão mais do que suficiente para continuar a lutar pela vida. Era um único filho e sabe como são os filhos únicos. Eles reinam soberanos nos corações dos seus pais. A experiência daquela viúva com seu filho não era diferente, muitas vezes ficava a olhar para ele. Já não mais um bebé, havia se tornado um jovem rapaz.

             Num fatídico dia, aquela viúva perde seu único filho. A tristeza e a dor diante do filho morto arrasam-lhe o coração. Grande parte dos moradores daquela cidade comove-se diante do quadro. É evidente que numa situação dessas não se acham palavras que sejam eficazes para consolar. Restava apenas uma coisa a fazer, era chorar junto com aquela mãe e acompanhá-la no enterro do seu filho e foi o que os moradores daquela pequena cidade fizeram.
              Diz a escritura que o cortejo fúnebre já alcançava as portas da cidade, quando Jesus, seus discípulos e numerosa multidão chegavam àquela cidade chamada Naum. Duas multidões se encontram, uma muito triste e outra alegre. A palavra diz nos versos 14 e 15 que Jesus vendo o choro da mãe, toca o esquife e ordena ao jovem que jazia morto para levantar-se, e o “que estivera morto passou a falar; e Jesus o restituiu à sua mãe”. Podem imaginar a alegria daquela mãe com o seu filho vivo outra vez! Pode se dizer que este foi um bom funeral, o pranto converteu-se em riso, a tristeza em alegria.
              Há 3 grandes lições que podemos aprender nessa história:
I-  AS MULTIDÕES NUNCA   FORAM PROBLEMA PARA JESUS, PORQUE ELE VÊ PESSOAS  (LC. 7:13).
      A-  Somos mais um na multidão?
            1- Jesus enxerga pessoas individualmente.
                    a)-  Se você está ai, sentindo-se mais “um” na multidão, pensando que ninguém se importa com a sua dor, com as suas lágrimas, seja qual for o motivo, saiba que há um par de olhos divinos a olhar você.
                    b)-  Como diz a escritura em Isaías 51:12 “Eu , eu  sou aquele que vos consola ...” e ainda em II  Coríntios l:3-4, “Bendito seja o Deus pai de nosso  senhor Jesus cristo, o pai das misericórdias e o Deus de toda consolação! É ele que nos conforta  em toda nossa tribulação...”
II-                JESUS MARCA UM ENCONTRO CONOSCO       
             (Luc.7:11).
       A- O consolo é o resultado do encontro com Jesus.
              1- O consolo mais eficaz que trouxe satisfação á    viúva, resultou de um encontro.
                     a)-  Só pode haver encontro se houver interesse de ambas as partes.
                     b)-  Jesus está mui interessado para que esse encontro aconteça.
                     c)-  Só depende de você.
Se você sabe que há um Deus no céu particularmente interessado em você, o que será que falta para que esse encontro entre você e Jesus aconteça? Falta interesse, tem problemas, não tem tempo, se sente bem na multidão? Não importa qual seja o motivo, lembre-se que para este encontro acontecer só falta você, só depende de você.
 
III- O ENCONTRO COM CRISTO MUDA          
RADICALMENTE ANOSSA EXPERIÊNCIA (LC.7:14-15).
          A-  Novas criaturas.
                1- Após o encontro com Cristo, somos novas   criaturas, tudo se faz novo (II Coríntios 5:17).
                    a)-  Um encontro e o milagre acontece.
                      Aquela viúva pensava que após o enterro do seu   filho, voltaria para casa e viveria uma vida  solitária, triste e vazia. Mas que coisa diferente aconteceu, nem bem o enterro alcançou as portas da cidade e ela já estava de volta para casa com o seu querido filho vivo! Tudo por causa de um encontro.
 
CONCLUSÃO:
Lições espirituais em destaque:
-         As multidões nunca foram problema para Jesus, porque ele percebe as pessoas individualmente.
-         Jesus quer encontrar-se conosco, ele marca um encontro.
-         O encontro com Cristo muda radicalmente nossa experiência.
                Um dia haverá um grande e feliz encontro marcado para breve. Jesus voltará a esta terra pela 2vez. Ele voltará para acabar definitivamente com a morte. Anjos precederão com sons de trombeta anunciando a sua volta. Muitos gostariam de estar vivos para presenciar este grande acontecimento, mas não há problema se você já não vive mais, porque ele chamará você particularmente pelo seu nome e você reconhecerá a sua voz, pois você o conhece de muitos encontros que teve com ele ainda em vida. Sabe do seu grande amor por você e pela humanidade, pois você estava habituado a ler e a meditar sobre a sua palavra. Com emoção o ouvirá dar uma terna ordem: “Levanta-te!”. Que alegria pois naquele dia, amigos se encontrarão para nunca mais se separarem.
                  O anúncio caiu como bomba. O esposo e pai devia marchar para a guerra.  Com dor os parentes foram se despedir na estação. O filho desesperado, lhe perguntava: “Quando regressarás, papai?” O pai lhe respondeu: “Qualquer dia destes, neste mesmo trem que chega as 5 da tarde, vou regressar”. Desde então, o menino esperava ansioso a campainha que anunciava a chegada do trem. Quando esta soava, corria até a estação e olhava ansioso para ver se entre os passageiros estava seu pai. Depois de 2 anos, uma tarde, entre os passageiros chegou seu pai, que alegria! Logo esteve entre seus braços. “Não partirás mais. Não é verdade papai?”. Perguntou ansioso o menino. “Não; agora ficarei sempre com vocês”. As campainhas da história indicam que logo, muito em breve chegará nas nuvens dos céus o senhor Jesus, para nos levar consigo ao céu onde “Estaremos para sempre com o senhor”.

Sem comentários: